Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES
NA SESSÃO DE 18 DE ABRIL DE 2007




SENHOR PRESIDENTE
SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:




Nesta quinta-feira, às 20 horas, a Academia Cearense de Retórica estará comemorando os 28 anos de profícua existência, prestigiado por seus competentes integrantes e os círculos culturais do Estado.
Idealizada pelo saudoso Itamar Espíndola, cuja formação intelectual apontam-no como homem de talento fulgurante, aquela Arcádia vivencía, no momento, fase auspiciosa, graças à dedicação de seu atual dirigente, Maurício Cabral Benevides, que proferirá palestra alusivo ao magno evento, ao mesmo tempo em que exporá livros raros sobre a evolução Retórica, remontando aos respectivos primórdios e chegando aos dias de hoje, dentro de concepções aprimoradas, sempre discutidas por quantos se entregam a essa temática, em todo o território nacional.
Durante o magno evento os Acadêmicos Moacir Gadelha e Neuzemar Gomes de Moraes serão distinguidos com a outorga do diploma de Sócio-Benemérito, atribuindo-se a saudação ao Acadêmico Neuzemar Gomes de Moraes e o agradecimento ao segundo dos laureados.
Os encargos parlamentares, acrescidos da apreciação de várias Medidas Provisórias impedem-me de comparecer ao antigo Palácio da Luz, no qual funciona a ACR, de parceria com a vetusta Academia Cearense de Letras, das quais sou membro dos mais modesto.
Ao registrar a quase trintenária Academia de Retórica rejubilo-me pela defluência da data tão auspiciosa, de expressiva significação para a vida intelectual do Nordeste Brasileiro.
Ao Vice-Presidente, ex-senador Cid Carvalho, que pontificou na tribuna do Congresso como uma de nossas figuras estelares, encareci representar-me na ocasião, secundando a manifestação de regozijo, ora exteriorizada na tribuna desta Casa do Parlamento brasileiro.

MAURO BENEVIDES
Deputado Federal

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados