Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES
NA SESSÃO REALIZADA EM 16 DE MARÇO DE 2009




SENHOR PRESIDENTE
SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:




Em concorrida solenidade, levada a efeito, na última quinta-feira, a Câmara Municipal de Fortaleza concedeu o diploma de Cidadania Honorária à Desembargadora Huguette Braquehais, presidente do Tribunal Regional Eleitoral, à frente do qual há desempenhado proficiente trabalho, numa comprovação de seu dinamismo e integral respeito a princípios éticos inarredáveis.

No pleito de 2.006, a Corte achava-se sob sua lúcida direção, tudo se desenrolando na mais absoluta normalidade, com recursos esparsos, procedentes de algumas comunas, todos decididos com base na legislação pertinente e na respectiva jurisprudência, firmada pelo TRE e pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Na sua condição de integrante do Egrégio Tribunal de Justiça, a ínclita magistrada impôs-se, também, à admiração dos respectivos Pares, hoje entregue ao descortino do eminente jurista Ernani Barreira, neto do consagrado mestre de nossa Faculdade, professor Dolor Barreira, civilista de que atingiu reconhecida projeção nos círculos culturais nacionais, com inúmeras obras que o consagram na condição de renomeado cultor do Direito.

A láurea concedida, pois, à Desembargadora Huguette foi acolhida, por unanimidade, naquela Casa Legislativa, em razão de sua condição de juíza integérrima, com brilhante folha de serviços prestados à Unidade Federada que aqui representamos.

Ao registrar, nesta tribuna, o magno acontecimento, desejo cumprimentar o Vereador Salmito Filho pela justeza do agraciamento, de uma personalidade impar na nossa vida pública.

Tenho certeza de que a desembargadora Huguette Braquehais dignificará o galardão que ora lhe foi atribuído através de representantes populares daquele Legislativo, na qual iniciei a minha longa trajetória na política cearense, com desdobramentos, a partir de 1.975, no cenário nacional, já que fui alçado, em 91-93, à Chefia do Poder Legislativo do País e, em 87-88, à Vice-Presidência da Assembleia Nacional Constituinte, que, com a Carta Cidadã, permitiu o almejado reencontro com o Estado Democrático de Direito entre nós.


MAURO BENEVIDES
Deputado Federal

 

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados