Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

A ACADEMIA CEARENSE DE RETÓRICA promoverá, no próximo dia 21, sessão solene para empossar o MINISTRO UBIRATAN DINIZ AGUIAR na cadeira nº 28, da qual é patrono Moésio Rolim, um dos grandes tribunos de sua época, relembrado, indelevelmente, pelas atuais gerações de intelectuais nordestinos.

O recipiendário será saudado pelo Acadêmico Francisco Barros Alves, incumbido, pelos seus colegas, dessa honrada tarefa, em nome dos demais colegas do SILOGEU, hoje presidido pelo Acadêmico Mauricio Cabral Benevides, responsável pela fase auspiciosa que há concretizado o presente período de incessantes trabalhos da nossa ACERE, da qual me honro de pertencer, ocupando a cadeira patroneada pelo inolvidável tribuno parlamentar José Martins Rodrigues, que Pontificou nesta Casa como uma das suas figuras estelares, sobretudo quando batalhou pela reimplantação do Estado Democrático de Direito entre nós.

Num de seus últimos livros: EXALTAÇÃO à PALAVRA, o novel Acadêmico – que substituirá o poeta Barros Pinho -  reúne importantes orações de sua lavra, proferidas na Assembleia Legislativa, nesta Casa do Congresso – da qual foi 1º Secretário  - e no Egrégio Tribunal de Contas da União, a cuja presidência ascendeu, ali empreendendo  proficiente gestão, dentro das atribuições de fiscalização e controle exercitadas em meio a padrões modernizantes que, o notabilizaram como defensor da mais absoluta exação na aplicação dos dinheiros públicos e implacável na coordenação dos dilapidares do patrimônio público.

Colega do Ministro Ubiratan Aguiar no Congresso Nacional, dele ouvi discurso primorosos, com intervenções, em apartes de nossos Pares, exaltando as suas conceituações sobre problemas políticos – institucionais de passadas legislaturas.

No Congresso Nacional, Ubiratan foi contemporâneo, ali, do ex-senador e Acadêmico CID CARVALHO, membro dos mais destacados daquela prestigiosa Arcádia e emérito cultor do Direito, ao lado do grande causídico Feliciano de Carvalho, vice-presidente daquela Casa cultora.

Registro, pois, desta tribuna, o magno acontecimento, convicto de que a atuação de Ubiratan Aguiar engrandecerá o seu alentado currículo de homem de cultura e RETOR de méritos já comprovados, nas tribunas que até hoje já ocupou, com excepcional realce.

                MAURO BENEVIDES

                       Deputado Federal

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados