Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 27 DE FEVEREIRO DE 2013

 

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

 

Tenho-me empenhado, ao longo do tempo, em buscar sustentabilidade para a ampliação dos encargos institucionais do DNOCS, a fim de que a sua ação permaneça bem mais ágil, como anseiam os seus competentes servidores, à espera de irrestrito apoio do Poder Central.

Com mais anterioridade, impedi, por ação vigilante, que aquela Autarquia fosse extinta, no governo do então presidente Fernando Collor, quando era diretor geral o Engenheiro Luiz Marques, testemunha da exitosa interferência que promovemos em 1992, quando se cogitava da supressão de diversos setores da união.

Agora mesmo, já fiz chegar ao Ministro da Integração, Fernando Bezerra, veemente apelo no sentido de que garanta maior suporte de atuação do antigo IFOCS, cuja criação, ainda em 1909, significou um marco decisivo no combate à estiagem impiedosa, na área do Polígono.

Ontem, quando o deputado pernambucano Fernando Ferro discorria sobre esse tema, ofereci-lhe solidariedade integral, listando os serviços inestimáveis que o Departamento há prestado ao nosso País, atualizando procedimentos de combate à carência pluviométrica, ciclicamente dramática, gerando pauperismo entre os rurícolas daquela faixa do território nacional.

No ano passado, na mais drástica seca dos últimos tempos, mesmo com ação atenta do Governo Federal, o DNOCS -  como lhe era possível -  atuou para minorar o aflitivo padecimento dos agricultores, fazendo-o com a competência técnica que caracteriza o seu afã, nestes 103 anos de proficiente existência.

Incorporando-me a todos quantos, agora, concentram atenções nessa temática, predisponho-me a sequenciar essa nobilitante missão, fazendo-o de forma a sensibilizar a própria Presidente da República para que, ao lado do Ministro da Integração, conjuguem esforços para a revitalização de uma entidade com tamanho lastro de relevante cooperação ao País e à parcela significativa de sua comunidade interiorana.

Que se garantam recursos ponderáveis ao Órgão, a fim de que não tenha interrupção uma inapagável SAGA de lutas indormidas em prol de um Nordeste, ainda obrigado a conviver com realidades pungentes, consequentes da quase total inação dos Poderes Constitucionais.

 

                             MAURO BENEVIDES

                    Deputado Federal

 

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados