Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 05 DE MARÇO DE 2013

 

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

 

A partir de hoje, o Comitê de Política Monetária voltará a reunir-se para avaliação do quadro econômico-finaceiro do País, podendo ou não rever a Taxa Selic, fixada, presentemente, em 7,25%, a menor dos últimos tempos.

Há quem diga, porém, que o acréscimo registrado no patamar da inflação pode conduzir a um acréscimo, o que contraria as expectativas daqueles que se mantêm a par de uma questão relevante, que reclama estudo acurado, como o faz o Banco Central, hoje confiado à clarividência e descortino do Ministro Alexandre Tombini e seus auxiliares diretos.

O derradeiro resultado do Produto Interno Bruto deixou preocupado todos quantos atuam numa área nevrálgica para o Brasil, mormente se levarmos em conta a nossa ponderabilidade diante dos mercados, especialmente o portentoso G-20, que passamos a compor, ao lado de grandes Nações, a exemplo da Alemanha, França, Estados Unidos, China e algumas outras.

Para atentos observadores, não seria, agora, que o BACEN se inclinaria por estimular o Comitê a promover reajustamentos ascensionais, o que ampliaria os percalços de uma conjuntura adversa, que persistiu inexplicavelmente, diante de decisões extremas como as desonerações tributárias, que praticamente não chegaram a contribuir para acrescer o PIB, como muitos acreditavam, principalmente a equipe comandada pelo titular da Pasta fazendária, Guido Mantega e o seu Secretário Executivo, Nelson Barbosa.

A Presidente Dilma Rousseff, ao discursar na Convenção do PMDB, sábado passado, manteve, ainda, o franco otimismo, alegando que o reflexo do cálculo divulgado será contrabalançado com outras providências, ajustáveis à realidade que ora vivencia a nossa Nação.

Com a inflação bem perto do teto fixado, corremos o risco de ver a SELIC ser alterada a mais, o que conduziria a fases anteriores das quais nos havíamos libertado, sob aplausos gerais.

As atenções do País concentram-se, pois, na próxima definição, especialmente a das áreas que atuam no mercado financeiro, atentas às movimentações de setores interessados nessa temática.    

 

                                       MAURO BENEVIDES

                              Deputado Federal

 

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados