Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 13 DE MARÇO DE 2013

 

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

Faleceu, esta semana, em nossa Capital, o empresário JOSÉ OSMAR PONTES, de tradicional família cearense, herdeiro que era do saudoso MANASSÉS PONTES, cujos filhos dignificaram, em variados setores, um dos mais prestigiosos clãs da Zona Norte do Estado, tendo por berço a cidade de Massapê, vizinha à Princesa do Norte.

Consorciado com a Sra. Maria Teresa Pontes, o extinto sempre contou, ao lado dos seus descendentes, de relevo social, integrando importantes instituições, nas quais o casal era sempre alvo de justificadas atenções.

O seu irmão, de imperecível memória, era o magistrado Osmundo Pontes, que presidiu o Tribunal Regional do Trabalho da 7º Região, após haver escalonado por Juntas de Conciliação, quando sempre revelou o seu talento, expressando em despachos monocráticos e nas sentenças que prolatou.

Por sua vez, um outro destacado vulto do conceituado grupo familiar era o engenheiro Osvaldo Pontes, que dirigiu com aprumo e clarividência o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, ali empreendendo gestão dinâmica, mesmo em meio a orçamentos parcos, que lhe não permitia concretizar muitos dos projetos almejados para o Polígono.

Já o Dr. Edilberto Pontes, como advogado, exerceu cargos públicos de relevo, mantendo a tradição de dignidade e honradez de seus maiores e granjeando, por isso, a atenção de colegas e da própria comunidade.

À noite de hoje, na Capital cearense, será oficial da missa de 7º dia pela morte de Osmar Pontes, a que estarei ausente em razão dos trabalhos desta Casa Legislativa.

Osmar Pontes, como homem integro, faz jus ao presente registro, já que sempre soube enobrecer o Ceará e sua gente.

                       MAURO BENEVIDES

                    Deputado Federal

 

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados