Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 19 DE JUNHO DE 2013

 

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

Os últimos acontecimentos, registrados no País continuam sendo objeto de ampla divulgação na mídia e em comentários sequenciados nas Casas Legislativas, a exemplo do que ocorreu, ontem, neste Plenário, quando o tema foi debatido à exaustão, embora todos hajam reconhecido o caráter pacífico da mobilização, porém em algumas Capitais, a exemplo do Rio de Janeiro, excessos tenham ocorrido, à revelia de seus próprios organizadores.

O poder de aglutinação das redes sociais tornou-se evidente, reclamando, assim, dos Poderes Públicos uma revisão de posicionamentos, ajustados à nova realidade, quando o clamor das ruas emergiu para reivindicar contenção de índices inflacionários ascendentes e tarifas de transportes coletivos, acrescidas, além do limite suportável pelas classes menos favorecidas.

A própria Presidente da República, reconhecendo o caráter pacífico dos seguidos eventos, mostrou-se sensível às reclamações exteriorizadas, buscando, naturalmente, alternativas, capazes de ultrapassar essa fase conturbada, que continua gerando inquietação generalizada em todos os segmentos da comunidade.

O Congresso Nacional, por suas lideranças, deve concentrar as suas atenções em questão de inquestionável magnitude, oferecendo o contributo de suas sugestões para que sejam removidos obstáculos ainda perdurantes e que atormentam as classes de menor poder aquisitivo.

Hoje, a mídia inclui entre os temas objeto de insurgência ora registrada a falta de Reforma Política, o que passa a reclamar do Congresso uma providência mais célere, já que é de sua competência decidir em torno de assunto vital para os nossos rumos democráticos.

Que sobre isso atentem todos os 513 deputados e 81 senadores, garantindo alterações que propiciem, nas disputas pelo voto, o respeito integral a princípios éticos inafastáveis, como venho reprisadamente postulando desta mesma tribuna, em sucessivos pronunciamentos, desde a Sessão Legislativa passada.

Ficam as advertências das ruas, sobre as quais, além de meditar, devemos assumir postura mais positiva e urgente para buscar soluções verdadeiramente inadiáveis.   

MAURO BENEVIDES

Deputado Federal

 

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados