Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 21 DE OUTUBRO DE 2013

 

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

É com espírito de justiça e reconhecimento, que registro, desta tribuna, os CENTO E QUATRO ANOS de existência do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, instituição modelar que teve, no passado, entre os seus idealizadores, o sempre mencionado Arrojado Lisboa e tantos outros, que, na sequência do tempo, agruparam técnicos como Pereira de Miranda, Bastos Tigre e mais recentemente Uirande Augusto Borges, Osvaldo Pontes, Antonio Marques e, presentemente, Emerson Fernandes, todos, em cada fase, responsáveis por realizações positivas, como o saudoso José Candido Parente de Paula Pessoa, nomeado por Juscelino Kubitscheck e que construiu, em sua época, o portentoso ORÓS com a parceria experiente do engenheiro Anastácio Maia, ambos prestigiados por aquele líder mineiro, responsável pelo acelerado crescimento do País.

No seu quadro de profissionais de alto nível, figura o Engenheiro Cássio Borges, que, nas colunas da mídia local, enaltece a trajetória de uma entidade pública que há levado a cabo grandes empreendimentos, merecendo, por isso, renovados testemunhos de aplausos ao seu valoroso quadro de pessoal, hoje percebendo salários defasados, incompatíveis com a importância do papel desempenhado nas funções que, ali, ocupam com desvelo e abnegação.

Hoje, em matéria estampada na imprensa escrita, Cássio Borges destaca, a certa altura de sua apreciação, sobre aquela Autarquia, o seguinte trecho, ora reenfatizado, neste pronunciamento:

“Ninguém com o conhecimento da problemática socio-econômica ambiental do Nordeste desconhece o importante papel que aquele Departamento vem desempenhando ao longo de sua existência, como indutor do desenvolvimento sustentável desta região”.

Como membro que fui do Conselho Deliberativo do DNOCS, na condição de Presidente do Banco do Nordeste, era participe, ali, de importantes decisões, adotadas em favor daquela faixa territorial do nosso País.

Ao fazer o presente registro, desta tribuna, apelo, mais uma vez, para o Ministério da Integração no sentido de que não mais protele a reestruturação do DNOCS, postulação reivindicada insistentemente, não só pelos seus dedicados servidores, mas, igualmente, por todos que identificam o inestimável acervo de realizações daquele centenário órgão governamental.

O DNOCS sempre contou com o apoio da nossa bancada, que penso representar, agora, nesta tribuna.

MAURO BENEVIDES

Deputado Federal

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados