Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 04 DE FEVEREIRO DE 2013

 

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

Transcorre, hoje, o 28º aniversário da Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste, entidade que congrega os servidores daquele estabelecimento de crédito oficial, cuja Presidência ocupei em década passada, quando da redemocratização do País, com a ascensão de Tancredo e Sarney, em instantes memoráveis de nossos fastos historiográficos.

O excelente quadro de servidores permitiu-me empreender, ali, uma gestão proficiente, sequenciando a administração do saudoso Camilo Calazans de Magalhães, indicado, na mesma época para presidir o Banco do Brasil e passado a compor o Conselho Monetário Nacional, com direito a voto, naquele Colegiado, graças à minha iniciativa, na condição de Senador da República.

Como era indispensável um suporte mais significativo de recursos estáveis, tive a feliz lembrança de apresentar, como Primeiro Signatário, a Proposta de emenda Constitucional, de que resultou o artigo 159, ensejando a que percentual da Receita Tributária, oriunda do IPI e do Imposto de Renda fosse destinado ao BNB, numa ponderável parcela que, no presente exercício, deverá corresponder a treze bilhões de reais.

Aliás, na mídia local, a servidora Rita Josino Feitosa da Costa aborda esse tema pondo em evidência a relevância do artigo mencionado para oferecer suporte às aplicações daquele estabelecimento de crédito oficial.

Sem qualquer jactância, acredito que, após a acolhida leal a decidida que, ali, recebi, tudo fiz para viabilizar, como 1º Vice Presidente da era da ANC, a indiscrepante chancela da proposição, ora saudada como a mais expressiva fonte de apoio para impulsionar a amplitude de nossos nobilitantes objetivos, dentro de critérios rigorosos, que se enquadram nas exigências da legislação respectiva, cumprida, integralmente, por sua Diretoria.

Regozijo-me, portanto, com o evento, convicto de que o Pessoal efetivo do nosso BNB e os seus Diretores pugnam para que a genial criação de Rômulo de Almeida, no governo Getúlio Vargas, prossiga sem interrupção, colaborando para o proficiente impulso de nossas atividades produtivas.  

MAURO BENEVIDES

Deputado Federal

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados