Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 20 DE FEVEREIRO DE 2014

 

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

Transcorreu, ao dia 6 do corrente, o Centenário de nascimento do inolvidável mestre de sucessivas gerações de nosso Estado, professor EDILSON BRASIL SOARES, fundador do tradicional Colégio 7 de Setembro, hoje transformado em Complexo Educacional, com uma Universidade de conceito invejável, agregando alguns milhares de alunos, todos matriculados em diversas áreas de conhecimento.

Hoje, o seu ilustre descendente, Ednilo Soares, presidente do vetusto INSTITUTO DO CEARÁ ( histórico, geográfico e antropológico) publicou artigo na imprensa local, pondo em evidência a marcante atuação de quem se tornou, por seus méritos incontáveis, figura exponencial da história do ensino em nossa Unidade Federada.

O seu filho Ednilton Soares exerceu, com comprovada proficiência, o elevado cargo de Secretário da Fazenda, projetando imagem de austeridade, buscando equilibrar os recursos do Erário com os encargos da maquina pública.

Tive, aliás, o privilégio de conhecer tanto aquele saudoso mestre como sua devotada esposa, Nila Soares, ambos entregues à hercúlea tarefa de guiar nossos coestaduanos, assistindo-os, nos primeiros, momentos com extrema dedicação, a eles proporcionando paternal orientação para que obtivessem melhor rendimento nos encargos do aprendizado, procedido em metodologias atualizadas.

Nascido no município de Acopiara, o então jovem Edilson Brasil Soares, em nossa Capital, projetou a sua obra educacional, graças à obstinada preocupação com os corpos docente e discente, acolhendo, nas suas salas de aula muitos que se alçaram a postos de evidência, como o Ministro Ubiratan Aguiar, ex-presidente do Tribunal de Contas da União e o saudoso José Alves Fernandes, este último, a exemplo do primeiro referenciado, integrando a Academia Cearense de Letras, até a data de seu falecimento.

Ao registrar, desta tribuna, o centenário do inolvidável Edilson Brasil Soares, desejo testemunhar, em nome de nossa Bancada, o nosso preito de saudade a um conterrâneo ilustre, que passou a integrar, por sua incessante porfia, os fastos da historiografia cultural do nosso Estado.

MAURO BENEVIDES

Deputado Federal

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados