Discursos

DISCURSO PROFERIDO PELO DEPUTADO MAURO BENEVIDES

NA SESSÃO DE 25 DE FEVEREIRO DE 2014

 

 

SENHOR PRESIDENTE

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS:

 

Os servidores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos permanecem sem atendimento nas reivindicações apresentadas à direção do Órgão; dentro de conversações mantidas, já em nível judicial, no âmbito do Tribunal Superior do Trabalho.

Diante de ação cautelar interposta pela ECT contra à Federação que congrega os interessados na pendência, o feito voltará a exame daquela Corte, já que a proposta de conciliação não prevaleceu, na audiência conduzida pelo preclaro Ministro Marcio Eunicio Vital Amaro, que compõe aquela Corte Judicante.

Em face das divergências, seria ideal que despontasse a solução capaz de acolher as postulações expostas à Secção Especializada em Dissídios Coletivos do TST.

Aliás, no dia 17/02 aquele Magistrado proibiu, liminarmente, qualquer desconto no salário dos empregados, ao longo do período de greve.

Diante do impasse, seria ideal que prosperasse uma exata mediação, dentro de parâmetros que pusessem termo à atual situação.

A ECT é um patrimônio de eficiência tradicional, daí a nossa intercessão para que o atual descompasso chegue a uma conclusão que resguarde as justas pretensões dos impetrantes.

   

MAURO BENEVIDES

Deputado Federal

Mauro Benevides © 2011 Todos os direitos reservados